Ferramentas Pessoais
Você está aqui: Página Inicial Software Livre

Software Livre

O que é Software Livre

 

O que é o software livre? 

(Texto original em https://www.gnu.org/philosophy/free-sw.pt-br.html )

A Definição de Software Livre

 

A definição de software livre apresenta os critérios utilizados para definir se um programa de computador em particular se qualifica como software livre ou não. De tempos em tempos nós revisamos essa definição, para clarificá-la ou para resolver questões mais sutis. Veja a seção Histórico abaixo para uma lista de mudanças que afetam a definição de software livre.

 

Por “software livre” devemos entender aquele software que respeita a liberdade e senso de comunidade dos usuários. Grosso modo, os usuários possuem a liberdade de executar, copiar, distribuir, estudar, mudar e melhorar o software. Com essas liberdades, os usuários (tanto individualmente quanto coletivamente) controlam o programa e o que ele faz por eles.

Quando os usuários não controlam o programa, o programa controla os usuários. O desenvolvedor controla o programa e, por meio dele, controla os usuários. Esse programa não-livre e “proprietário” é, portanto, um instrumento de poder injusto.

Assim sendo, “software livre” é uma questão de liberdade, não de preço. Para entender o conceito, pense em “liberdade de expressão”, não em “cerveja grátis”.

Um programa é software livre se os usuários possuem as quatro liberdades essenciais:

  1. A liberdade de executar o programa, para qualquer propósito (liberdade 0).
  2. A liberdade de estudar como o programa funciona, e adaptá-lo às suas necessidades (liberdade 1). Para tanto, acesso ao código-fonte é um pré-requisito.
  3. A liberdade de redistribuir cópias de modo que você possa ajudar ao próximo (liberdade 2).
  4. A liberdade de distribuir cópias de suas versões modificadas a outros (liberdade 3). Desta forma, você pode dar a toda comunidade a chance de beneficiar de suas mudanças. Para tanto, acesso ao código-fonte é um pré-requisito.

Um programa é software livre se os usuários possuem todas essas liberdades. Portanto, você deve ser livre para redistribuir cópias, modificadas ou não, gratuitamente ou cobrando uma taxa pela distribuição, a qualquer um, em qualquer lugar. Ser livre para fazer tudo isso significa (entre outras coisas) que você não deve ter que pedir ou pagar pela permissão para fazê-lo.

 

 Software Livre na UFSCar

 

Desde 2001 a Secretaria Geral de Informática têm atuado para a implantação do Software Livre na UFSCar.  

Em Ofício No 015/2002-SIn, a Secretaria Geral de Informática propõe a adoção de software livre para a UFSCar, deliberado na SOC em 29/05/2002 foi aceita em parecer da COINFO (Parecer Nº 004).

Desde então várias ações têm sido efetuadas para apoiar a disseminação do conhecimento e uso do Software Livre, efetuando e apoiando eventos e treinamentos na UFSCar:

 

 

Curso utilizando  Software Livre, são disponibilizado regularmente pela SIn e por departamentos:

 

 

 Também foi implantado o Cômite de Implementação de Software Livre da UFSCar, que visa promover a capacitação e formação para utilização de software livre e fortalecer e compartilhar as ações existentes de software livre.